segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Ser inglês

Ser inglês, no século XVIII era não ser católico. No século XIX, era não ser francês. Durante a maior parte do século XX, era não ser alemão.



Timothy Radcliffe na pág. 235 de "Ser cristão para quê?" (ed. Paulinas)

Sem comentários:

Semana dos Seminários

Parece que se dizem agnósticos (ou o mais conhecido deles). Mas a simbologia católica (sim, mais católica do que simplesmente protestante ou...