sábado, 22 de fevereiro de 2014

As mãos do filho de Philip Seymour Hoffman

Philip Seymour Hoffman morreu no dia 2 de fevereiro (ver aqui) e teve funeral católico. Agora, por causa do consumo de droga, o seu funeral católico tem estado a ser discutido, muito à americana. Ler aqui.

Se volto a este assunto (dei com ele ao procurar umas coisas sobre o vaticanista John Allen, que deixou o NCR) é simplesmente por causa da fotografia. O choro de uma das filhas. A oração do filho mais velho, que é a cara do pai. Dor e fé.


2 comentários:

Anónimo disse...

O que me doeu (e dói) foi perceber que tanto da fragilidade das personagens que interpretou possa ter sido seu. Vemos e admiramos pessoas como ele pela sua arte e perturba-nos encontrar a sua humanidade. E como a foto da sua família fala da humanidade do pai. Quanto à discussão sobre o funeral católico, seria muito tola, não fosse haver quem a tenha começado.

Anónimo disse...

Abel Canavarro para bispo de Aveiro.

Para quando a primeira cardeal?

É inovação do Papa a nomeação de cardeal de um bispo auxiliar? O Papa Francisco disse no domingo que vai fazer cinco novos cardeais. Um de...