sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Perdão e poder

O perdão é, antes de mais, um ato de libertação. Liberto-me da energia negativa que surgiu em mim através da mágoa. E liberto-me da ligação ao outro. Quando não perdoo, continuo ligado àquele que me magoou. E, desse modo, estou a permitir que ele continue a ter poder sobre mim. No perdão, liberto-me do seu poder.

Anselm Grun

Sem comentários:

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...