terça-feira, 3 de julho de 2012

Infalibilidade da esperança

Se a infalibilidade (...) se entende como infalibilidade da esperança, revela-se então como uma verdade evangélica, no melhor sentido da palavra. Muitos pensamentos e muitas manifestações da Igreja passariam, desde esse momento, a ser acolhidos de forma completamente diversa e a ressoar com um som de mais intensa alegria e esperança.


Walter Kasper, "Introdução à fé", pág. 163

Sem comentários:

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...