sábado, 7 de julho de 2012

Assuntos extraordinários


Domenico Tardini

No tempo de Pio XII havia uma Secretaria de Estado para os Assuntos Ordinários e outra para os Assuntos Extraordinários. A primeira estava a cargo de Montini (futuro Paulo VI). A segunda tinha Tardini como responsável.
Um dia, um religioso francês foi ter com Tardini para contar que um cardeal havia dito uma grande tontice em público. Monsenhor Tardini respondeu:
- Que um cardeal diga uma tontice é um assunto ordinário. Dirija-se a Montini. Eu só me ocupo de assuntos extraordinários.

Sem comentários:

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...