segunda-feira, 18 de junho de 2012

Portugal pagou parte importante da Basílica de São Pedro


No "Jornal de Notícias" de ontem. A notícia tem muitas lacunas: Que valores, em moeda compreensível, estão em questão? Quanto pesava a conta nas contas públicas em 1940? Quem foi salvo com tais indulgências?

E ainda mais estas: Podemos vender a nossa parte para pagar o défice do Estado? Será que esta notícia finalmente vai acabar com a expressão idiomática italiana, "entrar à português" ("entrar de borla"), porque a conta está bem paga? As onças que D. Afonso Henriques deveria ter pagado pelo reconhecimento da independência estão finalmente saldadas?

1 comentário:

Anónimo disse...

Se Portugal pagou, agora mandamos lá a TROIKA buscar a nossa parte para tirar o país da miséria. :)

Para quando a primeira cardeal?

É inovação do Papa a nomeação de cardeal de um bispo auxiliar? O Papa Francisco disse no domingo que vai fazer cinco novos cardeais. Um de...