quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Uma questão tauromáquica, por Dietrich Bonhoeffer


O fanático crê poder enfrentar o poder do mal com a pureza dos seus princípios. Mas, tal como touro, lança-se contra a muleta vermelha em vez de fazê-lo contra o toureiro. Desta forma, cansa-se e sucumbe. Enreda-se no acessório e cai na ratoeira de lhe põe o mais sagaz.

Dietrich Bonhoeffer (1943)
Nota: Não fazia a mínima ideia de que o pano com que o toureiro toureia se chama muleta. Mas assim é, tanto em espanhol como em português.

Sem comentários:

Lucas 15, a esquerda e a direita

Tem piada o artigo de Inês Teotónio Pereira, "A esquerda que queremos ser", no DN de ontem. "Somos [os da direita] aquele i...