sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

O medieval João do Bosque Sagrado dizia que a Terra é esférica


Do "Tractatus de Sphaera", de John of Holywood

Afirmando que para a generalidade dos medievais a Terra era esférica (no séc. XIX, o pensamento laico atribuiu a todo o pensamento cristão medieval a ideia de que a Terra era plana para defender que tal como se tinham enganado acerca da esfericidade, assim as igrejas podiam enganar-se acerca da origem das espécies), Umberto Eco escreve que tinham sido dessa opinião Orígenes e Ambrósio, Alberto Magno e Tomás de Aquino, Roger Bacon e John of Holywood, “só para citar alguns” (pág. 211 de “Construir o Inimigo e outros escritos ocasionais”, na Gradiva).

Ora, intrigou-me este John of Holywood, que não sendo da Hollywood dos “movies”, parecia ser de alguma terra inglesa chamada Holywood. Na realidade, sabe-se que este John tinha origens inglesas (ou irlandesas, ou escocesas), mas não se sabe onde nasceu. Viveu entre 1196 e 1256 (mais velho que Tomás de Aquino, que nasceu em 1225), foi astrónomo, professor em Paris. Escreveu um “Tractatus de Sphaera”, um dos mais populares livros medievais de astronomia. E a Terra é esférica, como sugere o título.

John of Holywood era mais conhecido como Johannes de Sacrobosco. Ou Sacro Bosco. Daí o Holywood.

Sem comentários:

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...